sexta-feira, 7 de abril de 2017

Churros salgados com molho de tomate e pimentão


Ingredientes
Para os churros:
1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de farinha de batata
1 colher (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) de fermento em pó
1/2 colher de sopa de creme vegetal
Óleo de girassol para fritar


Molho tipo"gazpacho":
4 pimentões vermelhos
Tomate cereja
Alho

Preparo
Para os churros:
Derreta o creme vegetal na panela e misture o resto dos ingredientes em um recipiente. Quando derretida, acrescente os ingredientes na panela e misture até virar uma massa homogênea que desgrude da panela.
Coloque a massa em um saco de confeiteiro com o bico estrelado.

Molho "gazpacho":
Corte os pimentões ao meio e passe azeite nas cascas. Leve ao forno alto até queimar a casca.
Para retirar a pele facilmente, coloque os pimentões em um saco plástico e feche. Deixe o vapor agir por 20 minutos e depois retire a pele.
Bata os pimentões, o tomate e o alho no processador.

Receita da Rachel Khoo retirada do site da GNT

Quibe de abóbora

Ingredientes
250 g de abóbora japonesa assada e em purê
2 xícaras de trigo para quibe
hortelã a gosto
1 pimenta dedo-de-moça
hortelã a gosto
3 dentes de alho amassados
1 cebola roxa picada
sal a gosto
zaatar a gosto

Preparo
Hidrate o trigo do quibe e escorra depois, apertando para retirar o excesso de água.
Misture o purê de abóbora com o trigo e o restante dos temperos.
Tempere com sal, cebola, alho, cebolinha e o zaatar.
Em uma forma antiaderente, ou untada, coloque a mistura.
Regue com azeite e leve ao forno, preaquecido a 200 graus, por aproximadamente 35 minutos ou até que fique com aspecto dourado.

Adaptado do site de receitas da GNT

sábado, 21 de janeiro de 2017

Torta de abobrinha, cebola e azeitona preta

Essa é uma versão da receita de pissaladière provençal de Rachel Khoo que, originalmente, é um prato da Provença semelhante à pizza, mas nesta receita sem as anchovas e com a abobrinha, ou seja, uma versão vegana.


Ingredientes
5 g de fermento biológico 
75 ml de água morna 
1 pitada de açúcar 
150 g de farinha de trigo 
½ colher de chá de sal 
½ colher de chá de alecrim seco
1 colher de sopa de azeite de oliva, mais um pouco para pincelar

Para o recheio 
500g de cebolas grandes cortadas em lâminas
2 abobrinhas cortadas em lâminas
1 colher de sopa de azeite de oliva, mais um pouco para regar
1 pitada de açúcar 
as raspas finas de 1 laranja (opcional)
10 azeitonas
pretas sem o caroço

Preparo:
Comece pela base. Dissolva o fermento na água com o açúcar. Junte o restante dos ingredientes secos numa tigela, acrescente o fermento dissolvido e o azeite e misture para formar uma massa. Vire-a sobre uma superfície polvilhada com um pouco de farinha e sove até estar lisa e bem elástica (uns 5 minutos).
Unte uma assadeira com azeite. Abra a massa até ficar com 3mm de espessura (como uma pizza fina e do formato que você quiser) e coloque-a na assadeira, empurrando-a para subir pelas laterais. Pincele com azeite, cubra com um pano
úmido e deixe crescer num lugar quente por 30 minutos.
Nesse meio-tempo, prepare o recheio. 

Refogue delicadamente as cebolas e as abobrinhas no azeite por 30-40 minutos. Quando as cebolas estiverem macias e com consistência de compota, adicione o açúcar e as raspas de laranja (se for usar). Deixe esfriar por 10 minutos.
Preaqueça o forno a 200°C. Disponha a cebola e as abobrinhas sobre a massa, regue com um pouco de azeite e leve ao forno por 20-25 minutos, ou até a massa dourar. Retire do forno e coloque as azeitonas por cima. Sirva quente ou fria.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Maionese vegana super cremosa

Culinária é química! E quando você começa a entender como as coisas funcionam, fica um pouco mais fácil adaptar as receitas, especialmente para o veganismo. As glórias neste caso não são minhas: descobri esta receita no site Seriouseats, os caras são verdadeiros magos! Embora o site não seja vegetariano, eles encaram o desafio de criar receitas maravilhosas, e não meras substituições mais ou menos.

Segue, então, a receita de maionese vegana de grão de bico e aquafaba (eles utilizaram o grão de bico em lata, mas se alguém se aventurar com a água do grão de bico cozido em casa e funcionar, please, me conta!).

Ingredientes
2 dentes de alho médios, picados
1 colher de sopa de suco fresco de 1 limão
2 colheres de chá de mostarda Dijon
3 colheres de líquido de 1 lata de grão-de-bico, mais 12 grãos inteiros
1/2 xícara de óleo vegetal
1/4 xícara de azeite virgem extra
sal e pimenta do reino à gosto

Preparo
Junte o alho, o suco de limão, a mostarda, o líquido de grão-de-bico e os grãos-de-bico em um recipiente alto e utilize a hélice do mixer). Bata em alta velocidade até ficar completamente liso. Alternativamente, se decidir utilizar um liquidificador padrão, com ele ligado, adicione vagarosamente o óleo vegetal. Deve formar-se uma emulsão suave e cremosa.
Usando uma espátula de borracha, transfera para uma tigela, misturando constantemente, salpique lentamente o azeite. Tempere a gosto com sal e pimenta. A maionese poderá ser conservada em um recipiente coberto na geladeira por até 1 semana.

do site: http://www.seriouseats.com/



Sopa ao pesto

"Sopas não são só para as noites de inverno. Também são excelentes para os dias quentes de verão. Repleta de legumes de verão, a soupe au pistou, da Provença, é servida com um molho — o pistou. Ele é parente distante do pesto italiano, mas não leva pinhões nem parmesão (a palavra vem do dialeto provençal e significa “socado”). Se você não tiver um pilão, bata no liquidificador. Quem sabe a versão moderna não deveria se chamar soupe au batou?"

Ingredientes:
3 colheres de sopa de azeite de oliva
2 cebolas em cubos
4 dentes de alho esmagados até virarem pasta
1 ramo de tomilho
2 folhas de louro
4 colheres de sopa de massa de tomate
2 cenouras em cubos
2 abobrinhas em cubos
200g de vagens cortadas em quatro
400g de feijão-branco em lata escorrido e enxaguado
2 litros de água fervente
1 colher de sopa de sal
1 pitada de açúcar
pimenta-do-reino a gosto
100g de massa seca (uma variedade pequena como conchinha)
200g de ervilhas frescas ou congeladas

Para um pistou clássico:
1 maço de manjericão
3 dentes de alho
3-4 colheres de sopa de um bom azeite de oliva extravirgem

Para um pistou vietnamita
1 maço de manjericão-canela
1 talo de capim-limão picado grosseiramente
1/2 pimenta dedo-de-moça sem semente
colheres de sopa de óleo de girassol

Preparo: 
Para fazer o pistou, basta socar os ingredientes até obter um creme liso (ou bater no liquidificador).

Para a sopa, aqueça o azeite numa panela grande. Acrescente a cebola e o alho e cozinhe em fogo brando, mexendo às vezes, até que fiquem macios e transparentes. Adicione o tomilho, o louro, a massa de tomate, as cenouras e as abobrinhas e cozinhe por 15-20 minutos ou até estarem al dente (tenras mas com uma leve resistência). Junte a vagem, o feijão e a água e, quando ferver, acrescente a massa e as ervilhas. Cozinhe por 10 minutos ou até a massa ficar al dente. Retire o tomilho e o louro e adicione o sal, o açúcar e a pimenta a gosto.

Sirva imediatamente, com uma colher do pistou.

Retirado do livro: Minha pequena cozinha em Paris, de Rachel Khoo. 

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Cookies veganos práticos (não vão ao forno)

Deliciosos, fáceis e nutritivos!

Ingredientes
3 colheres de sopa (45 ml) de óleo de coco virgem
2 colheres de sopa (30 ml) de manteiga de amendoim ou manteiga de qualquer castanha ou semente.
1/4 xícara (20 g) de cacau em pó sem açúcar
tâmaras à gosto (para adoçar)
1 colher de chá de extrato de baunilha 
nozes ou castanhas quebradas
7 colheres de sopa de aveia em flocos sem glúten
2 colheres de sopa sementes de chia
1/8 colher de chá de sal fino
nibs de cacau à gosto

Preparo
Forre um prato grande com papel manteiga e reserve.
Em uma panela média, derreta o óleo de coco em fogo baixo. Misture a manteiga de amendoim, o cacau em pó e as tâmaras até ficar homogêneo. Retire a panela do fogo e misture a baunilha.
Adicione o restante dos ingredientes
Usando uma colher, Pegue a massa e coloque porções sobre o papel manteiga, deixando um pouco de espaço entre cada cookie.
Coloque os biscoitos no congelador por cerca de 10 a 15 minutos, até que fiquem firmes, ou simplesmente deixe na geladeira.
Armazenar cookies sobras em um recipiente hermético na geladeira por uma semana, ou congelá-los por até 4 a 6 semanas. 

Molho de coentro, alho e acabate

Ingredientes
3/4 xícara de castanha de caju
1/2 xícara de folhas frescas de coentro
1 dente de alho grande
1/2 xícara de água, ou quando necessário
3 colheres de sopa de suco de limão fresco
2 colheres de sopa de abacate
1/2 colher de chá de sal fino
1/2 colher de chá de alho em pó

Preparo
Adicione as castanhas de caju em uma tigela pequena e cubra com água fervente. Deixe de molho por 1 hora. (Você também pode optar por deixar as castanhas de caju em água à temperatura ambiente durante 8 horas ou durante a noite).
Escorra e lave as castanhas.
Adicionar todos os ingredientes do creme de caju em um mixer. Bata em alta até formar um molho bem liso. Adicione água, de acordo com a textura que desejar. 
Esse molho pode ser usado em batatas assadas, hambúrgueres, ou até como pastinha de alho para comer com pão. 

Busca