sábado, 19 de agosto de 2017

Bolo vivo de cenoura

Ingredientes

Bolo


8-10 cenouras raladas ou cortadas em pedaços pequenos
1 xícara coco ralado natural
1 xícara tâmaras sem caroço
5 colheres de sopa farinha de coco (é só bater o coco ralado no processador)
1 colher de sopa gengibre ralado
1 colher de chá canela em pó
1/2 xícara uva-passa e nozes ou outras castanhas e frutas secas
noz-moscada e baunilha a gosto

Cobertura
1 abacate maduro
3 colheres de sopa cacau em po
3 colheres de sopa xarope de agave ou melado

Preparo:
Depois de ralado, as cenouras soltarão uma pequena quantidade de líquido. Tire o máximo possível desse líquido e jogue fora (ou tome, para uma dose extra de vitaminas!)
No processador de alimentos, processe e misture todos os ingredientes do bolo, com exceção das uvas-passas e nozes.
Quando a massa estiver bem misturado mas não totalmente uniforme, adicione as uva-passas e nozes, misturando outra vez.
Coloque a massa em uma forma, pressionando para preencher os vãos. Deixe na geladeira por algumas horas.

Prepare a cobertura: Bata os ingredientes no liquidificador ou processador.
Depois de ter ficado na geladeira, a massa estará mais dura. Tire da forma e coloque no prato para passar a cobertura.
Passe a cobertura, e decore com coco ralado ou frutas. Mantenha na geladeira até servir.

Receita do site: http://www.nutrivegano.com

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Macarrão de cenoura com molho de gengibre

Receita simplesmente deliciosa: crua, vegana e perfeita!

Ingredientes
3 cenouras cruas e cortadas em fitas finas
2 cebolinhas picadas


Molho
3/4 copo castanha de caju, crua deixada de molho até inchar e ficar macia
1 copo água
suco de um limão
1 colher de chá cominho em pó
2 dentes alho, picado
2 colheres de chá gengibre ralado
1 colher de sopa xarope de maple, agave, ou melado
sal e pimenta a gosto


Preparo:

Com um descascador de legumes ou espiralizador, corte as cenouras em fitas finas.
Pique a cebolinha e misture com a cenoura.
Junte os ingredientes do molho e bata no liquidificador.
Despeje o molho na salada na hora de servir.

Retirado do site: http://www.nutrivegano.com

domingo, 25 de junho de 2017

Queijo Vegano de castanhas

Ingredientes
1 xícara de chá de amêndoas ou castanhas de caju demolhadas durante a noite
1 colher de sopa de missô
2 colheres de sopa de rejuvelac
sal à gosto (cuidado, o missô é muito salgado)
1 colher de chá de nutritional yeast
1 colheres de sopa de azeite 

Preparo:
Bata as castanhas com um pouco de água. Adicione o resto dos ingredientes. Deixe fermentar em temperatura ambiente (deixei o dia todo). 
Ele vai ficar na consistência de um cream cheese. Para endurecer ficar na consistência de queijo, há duas opções: 
1 - substituir o azeite por óleo de coco, que endurece em temperatura mais fria ou 
2 - aquecer 1/4 xícara de água quente e dissolver 2 colheres de sopa de agar agar, juntando a mistura do queijo e mexendo até descolar da panela. Coloque em uma fôrma untada com óleo e leve à geladeira. 



domingo, 18 de junho de 2017

Râpée forézienne (bolinhos de batata)

Prato da culinária francesa. 


Ingredientes

600g de batatas 
1 colher de sopa de creme vegetal
2 colheres de sopa. sopa de farinha de grão de bico curvo (ou de trigo sarraceno)
óleo
sal
pimenta
ervas à gosto


Preparo:

Descasque, lave e rale as batatas. Misture-as com o creme vegetal numa tigela, adicione a farinha, o sal, pimenta e as ervas. Numa frigideira antiaderente com um fio de óleo, coloque pequenas porções achatadas e frite, aproximadamente 7 minutos de cada lado, até dourar.

Rejuvelac e seus milagres!

Há algum tempo venho pesquisando as técnicas relacionadas à culinária vegana. 

O Rejuvelac é uma destas técnicas. É um probiótico natural, derivado da fermentação de grãos germinados, que pode ser consumido puro, em sucos e vitaminas ou usado para fermentação de outros alimentos, como iogurte e queijos veganos.

Meu interesse inicial foram os queijos, mas também já testei para fazer iogurte e realmente funciona. 

Para fazer o rejuvelac, você vai precisar de 


  • 1 xícara de grãos de trigo


Deixe de molho durante a noite. Escorra e deixe coberto em temperatura ambiente para germinar. O tempo de germinação é variável, você pode enxaguar algumas vezes. 

Quando os brotinhos aparecerem, você pode iniciar o processo propriamente dito. Coloque-os em um vidro esterilizado com água filtrada, faltando uns dois dedos para encher todo o vidro.

Deixe em temperatura ambiente para fermentar. Este processo pode levar 48 horas. Você vai notar uma alteração na coloração, no odor e no gosto da água. A ideia é que se transforme num líquido levemente esbranquiçado, talvez com uma película branca por cima (normal), com um leve gosto azedo. Se em algum momento, sentir um odor forte de podre ou gosto desagradável, reinicie o processo (pode utilizar os mesmos grãos).

Este líquido precioso deverá ser conservado na geladeira por 5 dias. O líquido também é utilizado como adubo. 

O Rejuvelac não contém glúten. Os grãos de trigo germinados podem ser usados para fazer uma nova receita de rejuvelac ou, ainda, em receitas, preferencialmente crus, como em saladas. 








domingo, 11 de junho de 2017

Leite Condensado de amêndoas

Esta receita maravilhosa é da Raiza Costa, a Rainha da Cocada, do Dulce Delight. O vídeo ensinando o leite de amêndoas, o leite condensado e o brigadeiro está disponível aqui.

Mas também vou colocar a receita e contar minha experiência.

Leite de amêndoas

Ingredientes
1 xícara de chá de amêndoas deixadas de molho durante a noite ou por 8 horas, pelo menos
4 xícaras de chá de água filtrada
1 fava de baunilha raspada (eu não usei, não tinha)

Preparo
Bater no liquidificador as amêndoas com a água por alguns minutos. Coe de preferência com um pano limpo. Reserve o resíduo.


Leite Condensado de amêndoas

Ingredientes
1 litro de leite de amêndoas
300 grs de açúcar demerara (usei o orgânico)

Preparo
Coloque o leite com açúcar na panela e mexa exaustivamente até que fique numa consistência cremosa. O braço vai doer, mas o resultado é recompensador! O ponto pode ser verificado com um pires gelado. Coloque um pouco no pires, vire-o na vertical e, se escorrer lentamente. Está no ponto. Leve o leite condensado para a batedeira e bata até esfriar. 

Para fazer brigadeiro, é só voltar para a panela com cacau à gosto. O leite condensado dura alguns dias na geladeira. 



Suspiro vegano

A aquafaba é o líquido resultante do cozimento de alguns grãos. O mais utilizado é o grão de bico, mas existem outros que produzem a aquafaba também, como feijões em geral. Se você ainda não conhece, esta foi uma descoberta revolucionária para a culinária vegana. Quando se bate a aquafaba na batedeira, ela se torna algo bem semelhante às claras em neve e, portanto, sua utilização em diversas receitas de confeitaria. 

Finalmente tive tempo para testar! 

Ingredientes:
Aquafaba de uma caixa ou lata de grão de bico (usei a de grãos de bico cozidos que vendem em caixinha, esta aquafaba já vem pronta! Se você utilizar a água de cozimento caseira, é preciso reduzi-la no fogo até que se torne mais espessa, como a água da lata. Dizem que é essencial colocar uma colher de vinagre ou limão).
Açúcar branco]
Raspas de limão

Preparo:
Bata a aquafaba com uma colher de vinagre até que tenha a consistência de claras em neve. Adicione o açúcar. A quantidade de açúcar é fundamental na consistência do suspiro. Ao prová-lo, a consistência certa deve ser a do suspiro cru bem açucarado, você deve sentir o açúcar na boca. Coloque as raspas na massa.
Forme suspiros com duas colheres ou com bico de confeiteiro e salpique com raspas de limão. 
Leve ao forno aquecido a 100C por 1h30 min a 2h00. 
Fica perfeito!



Busca